Um novo ar
Um novo desafio
Vem a caminho da escuridão
Entre o medo me perco
Na solidão
Quero arrebentar o mundo
Por um canhão
E dar a minha mao
Por essa solidão
Tira-me deste pensamento
Traz a paz
Na alma e no coração
Da-lhe a vida e retira a minha
Num som profundo do teu respirar
Minha mãe, Minha mãe
Rebento no teu sorriso
Embalada com a dor
Mas a preocupação
De nos ver crescer e amar
Desculpaaaaa
Mas vou lutar dia e noite
Para seres feliz e viveres muitos anos
No sangue cortado do meu corpo
Derra-mo sobre o teu e que essa doença desapareça
E a felicidade reine em teu coração

Amo-te muito e que nossa mais que mais a tua mãe
Esta lá para ti e te dara todas as forças para sobreviveres


0 comentários: